Mariene de Castro abre mais caminho para obra do compositor baiano Roque Ferreira

Contudo, foi somente nos anos 2000, a partir do álbum Tem samba no mar (2004) – o primeiro e único do compositor – e sobretudo de gravações das cantoras conterrâneas Maria Bethânia e Mariene de Castro, que a magnitude do cancioneiro autoral de Roque Ferreira ficou mais evidente para o Brasil. Enraizada nas tradições afro-brasileiras, essa obra centrada no samba gerou até (sublime) álbum conceitual de Roberta Sá, Quando o canto é reza (2010).

Deixe uma resposta