O que o aplicativo de música Spotify pode nos ensinar sobre a economia

Os pesquisadores também analisaram as letras das músicas para categorizar as canções em oito sentimentos: alegria, tristeza, raiva, medo, nojo, surpresa, confiança e antecipação. Ao observar as músicas mais populares durante 2008, ano de uma difícil crise financeira global, eles descobriram que as músicas com letras associadas a antecipação, nojo, tristeza, medo e raiva aumentaram sua popularidade entre 2008 e 2009 e depois começaram a cair após essa data. De acordo com a pesquisa, “isso indica que as pessoas estão projetando seus estados de espírito na música que decidem ouvir”.

Deixe uma resposta