Secretária permanente da Academia Sueca, do Nobel de Literatura, deixa cargo após escândalo de abuso sexual

O encontro foi o primeiro desde a renúncia de outros três acadêmicos – Klas Östergren, Kjell Espmark e Peter Englund –, que citaram de forma indireta o caso que afeta o dramaturgo francês Jean-Claude Arnault, ligado à instituição e marido de uma das integrantes da Academia Sueca, Katarina Frostenson.

Deixe uma resposta