Gilberto Gil elogia Marcelo Adnet por ‘(Não seja) Reaça’, versão de ‘Realce’ exibida no ‘Tá no ar’: ‘Contundente’

“Realce, realce / Quanto mais purpurina melhor / Realce, realce / Com a cor-do-veludo, com amor / Com tudo de real teor de beleza / (…) / Não se impaciente / O que a gente sente, sente / Ainda que não se tente afetará / O afeto é fogo / E o modo do fogo é quente / E de repente a gente queimará”.

Deixe uma resposta