Anitta completa 25 anos e ganha homenagem do marido, que desafia críticos: ‘Faça melhor que ela’

[Continuação] Quem olha para a Anitta em cima de um palco, cantando, interagindo e dançando (e meu Deus, como ela dança), não imagina que, por trás daquela personagem poderosa, existe uma menina (sim, uma menina) chamada Larissa. É essa menina que faz tudo acontecer e que sente a dor de todas essas críticas cruéis. Em vez de se rebelar ou desistir, ela chora, chora muito. Coloca tudo para fora, se refaz e volta ainda mais forte. Porque a Larissa entende que a Anitta tem mudado muitas vidas e que não seria justo com as pessoas parar agora. Não pense você que é por dinheiro ou por poder. É por amor. Eu pude vivenciar isso bem de perto nos meses que se passaram. Ouvi alguns relatos de fãs que fizeram meus olhos se encherem de lágrimas. ( e ainda fazem, enquanto escrevo esse texto) Pessoas que deixaram de cometer suicídio porque viram na Anitta um exemplo; doentes que acharam força nas letras das músicas para concluir seus tratamentos e por aí vai. Eu vi de tudo. Sabe mais o que eu vi? Vi essa menina ensaiar horas por dia, durante meses, para poder entregar o melhor resultado para o seu público. E, por conta de um descuido do figurino, ser crucificada nacionalmente. Você pensa que ela desistiu? Não. Ela ficou mal, chorou, mas já voltou pensando no próximo passo. Porque ela é assim, ela não desiste. Para deixar bem claro, você não precisa gostar da pessoa, da artista, das canções, de nada! É um direito seu. No entanto, antes de criticar de forma vazia e ofensiva, pare, pense e reflita. Talvez, aquele seu amigo que estava doente tenha arrumado forças na Anitta para estar aí do seu lado hoje. Talvez, o filho que você não tem muito tempo de brincar por conta do trabalho, não tenha ido para o caminho errado por causa dela. Se tudo isso não te fizer repensar, lembra que, por trás da artista, tem a Larissa, que é um ser humano lindo, frágil e que merece todo o respeito do mundo. E se, mesmo assim, você achar que está certo, eu te desafio: faça melhor que ela. E me mostre que estou errado. Serei o primeiro a virar seu fã. Até lá, vamos aceitar que, independente das preferências musicais, Anitta nos representa muito bem no Brasil e no exterior.

Deixe uma resposta