Após cantar Cartola, Teresa Cristina faz projeto com a obra de Noel Rosa


Após cantar o repertório do compositor carioca Cartola (1908 – 1980) em show que estreou em 2015 e que em 2016 virou disco (lançado primeiramente nas plataformas digitais e, meses depois, em edição que juntou CD e DVD), Teresa Cristina prepara projeto similar dedicado à obra de Noel Rosa (1910 – 1937), o Poeta da Vila.


Tal como Cartola, Noel foi pioneiro bamba do samba nascido na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Noel foi contemporâneo de Cartola, mas viveu o curto auge artístico entre 1930 e 1937, ano em que saiu precocemente de cena aos 27 anos, ao passo que Cartola somente foi alçado à glória a partir dos anos 1960, década em que foi redescoberto, após amargar longo período de ostracismo e de privações.


Assim como Teresa canta Cartola, o projeto Teresa canta Noel chegará ao mercado em breve com a chancela da empresa Uns Produções. Com esse segundo projeto consecutivo como intérprete, a cantora e compositora carioca adia o álbum autoral que alinhava desde 2016 com repertório inédito, composto por parcerias de Teresa com Adriana Calcanhotto, Marisa Monte e Mosquito, entre outros nomes.


(Crédito da imagem: Teresa Cristina em foto de divulgação de Filipe Marques)

Deixe uma resposta