Single gravado já sem João Cavalcanti garante ao Casuarina lugar na roda


Atualmente reduzido a um quarteto por conta da saída do compositor e vocalista João Cavalcanti, anunciada em novembro, o grupo carioca Casuarina reage com rapidez para provar que resistirá no terreirão do samba sem o principal nome da formação original que vigorava desde 2001.


De agora em diante somente com Gabriel Azevedo no posto de vocalista, função que Gabriel dividia com João, o grupo lança o single Eta lelê pela gravadora Biscoito Fino enquanto prepara, para o primeiro semestre de 2018, álbum já intitulado + 100, com nome que faz alusão ao segundo centenário do samba.


Para dar o primeiro passo nessa nova fase do grupo, Gabriel Azevedo (pandeiro e voz), Daniel Montes (violão de sete cordas e vocais), João Fernando (bandolim e vocais) e Rafael Freire (cavaquinho e vocais) prudentemente escolheram gravar samba composto fora da irregular seara autoral do grupo. Eta lelê é animado samba da lavra de Serginho Meriti e Claudemir que, por ora, garante ao Casuarina um lugar na roda.


(Crédito da imagem: Casuarina em foto de divulgação de Felipe Giubilei)

Deixe uma resposta