Harvey Weinstein teve cúmplices que fizeram ‘vista grossa’, diz mulher que o acusa de estupro

Em entrevista coletiva em um hotel de Nova York, Kadian Noble disse que, em maio de 2016, confidenciou a uma assistente do magnata de Hollywood que havia sido agredida sexualmente dois anos antes, em Canne.

Deixe uma resposta