Carol Castro faz relato sobre parto três meses após dar à luz Nina

“Depois de tantos meses de preparo, de construção, chega o grande dia de trazer ao mundo aquele ser que cresceu junto com você. A cada dia, a cada mês, dentro e fora. É chegada a hora. ‘O Boa hora’ que tanto escutamos! O instinto fala mais alto. E como numa dança, ele e a criança, bailam por entre os ritmos perfeitos do trabalho de parto. A cada contração e a hora, a grande e aguardada hora, está mais próxima. É nisso que precisamos focar, para chegar lá. Não é na dor, que, sim, é tamanha”.

Deixe uma resposta