Harvey Weinstein é investigado pela polícia de Los Angeles por abuso sexual

Até agora, não foram encontradas denúncias arquivadas, segundo Donald, além do caso de 2015, em que a modelo italiana Ambra Battilana Gutierrez acusou Weinstein de agarrar seus seios e tentar colocar a mão dentro de sua saia durante uma reunião em seu escritório. As autoridades americanas estão incentivando qualquer pessoa com informações sobre Weinstein a entrar em contato com a polícia.

Deixe uma resposta