Koringa reúne a atual ‘Trilha sonora’ em disco que inclui o grupo Psirico

Em outubro de 2016, o funkeiro fluminense MC Koringa lançou música nova, Trilha sonora, que acabou propagada em escala nacional na novela A força do querer (TV Globo, 2017) em cena de baile funk no fictício Morro do Beco. No rastro da exposição, a gravadora Som Livre lança o álbum também intitulado Trilha sonora, com 14 fonogramas cedidos por FLJay.


Com várias músicas inéditas como Chamei (Koringa), Convocação (Koringa) e Taca taca (Wallace Viana, André Vieira e Koringa), gravada com o grupo baiano de pagode Psirico, o disco tem cara e título de compilação deste cantor e compositor nascido em Petropólis (RJ) em dezembro de 1979 com o nome de Fábio Luis de Jesus. Mas renova o repertório desse funkeiro que está em cena desde 1996, ano em que teve gravação incluída em coletânea do DJ Marlboro.


Decorridos 21 anos desse início de carreira fonográfica, Koringa suavizou o tom das letras – atualmente escritas com menos palavrões – e adentrou os lares brasileiros a reboque de músicas propagadas em novelas como Salve Jorge (TV Globo, 2013), cuja trilha sonora promoveu um dos maiores sucessos do artista, Dança sensual, música do segundo álbum do MC, A caminhada (2012), lançado há cinco anos.


No disco Trilha sonora, o funkeiro recebe nomes como o grupo Cavaleiros do Forró, presente em Última dose (Doce de glicose) (Koringa) e Paul G, parceiro e convidado de Koringa em Just let go.


(Crédito da imagem: capa do álbum Trilha sonora. Koringa em foto de Washington Possato)

Deixe uma resposta