‘A perseguição nunca acabou’, diz autor de livro sobre caçada nazista a gays

Trabalhando em uma biblioteca pública em Toronto, no Canadá, o escritor, que é gay, notou nas conversas que tinha com jovens que quase nenhum deles sabia o significado do triângulo rosa.

Deixe uma resposta