TJRJ faz 67 audiências de custódia durante o Rock in Rio; 81 crimes foram registrados

Durante os sete dias de Rock in Rio, o Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) registrou 81 casos de práticas ilegais e realizou 67 audiências, informou o tribunal nesta segunda-feira (25). Desses casos, 24 foram de cambismo (crime contra a economia popular), o delito com o maior registro no festival. O último dia do evento, no domingo (24), teve o maior número de audiências: 15.

Deixe uma resposta