Fall Out Boy estreia no Rio com show longe do emo e vai de cover de Michael Jackson a trilha de desenho

O Fall Out Boy demorou tanto para tocar no Rio que a estreia na cidade, nesta quinta-feira, foi quase como ver outra banda. De ícone do pop punk do início dos anos 2000, com clipes zoeira e refrões cantaroláveis, a banda virou isso aí. Séria demais. Com o som poluído demais. Rock eletrônico meio embolado.

Deixe uma resposta