Cadeirantes utilizam triciclo motorizados gratuito para percorrer a Cidade do Rock

O técnico ambiental, Alan Umbelino, de 31 anos, sofreu um acidente há 1 mês e foi de muletas para o Rock in Rio. Para ele, esse serviço foi fundamental para sua locomoção. “Desde a portaria eu já vim no carrinho de cadeira até o local de credenciamento. Agendei o uso da cadeira e vou ter a oportunidade de conhecer a cidade do rock de uma maneira mais acessível”, conta o técnico ambiental.

Deixe uma resposta