Bailarino ‘larga tudo’ e muda de país para integrar espetáculo uruguaio com estreia na Bienal: ‘Tudo valeu’

Para Santiago Bone, não há distância que o impeça de fazer o que ele mais ama: dançar. Nascido no Equador, o bailarino abandonou a vida e o emprego que tinha na Argentina para trabalhar seis meses no Uruguai com o espetáculo “Big Bang”, que estreia no Brasil nesta edição da Bienal de Dança, em Campinas (SP).

Deixe uma resposta