Ivete canta em tempo de alegria para a noite do ‘Rock in Rio’ nascer feliz


ROCK IN RIO 2017 – No contagiante show que abriu a programação do Palco Mundo na edição de 2017 do festival Rock in Rio na noite de ontem, 15 de setembro, Ivete Sangalo cantou Pro dia nascer feliz (Roberto Frejat e Cazuza) para homenagear o cantor e compositor carioca Cazuza (1958 – 1990) “pelas lindas mensagens que ele deixou”. Contudo, a rigor, a cantora baiana cantou para nascer feliz a primeira noite da sétima edição carioca do festival.


Em tempo de alegria, especialmente por ter descoberto recentemente que está grávida de gêmeas, Ivete fez o habitual Carnaval no Palco Mundo após a abertura em que cantou Imagine (John Lennon, 2017) em dueto com a modelo Gisele Bündchen. A estrela da música pop baiana entrou em campo para ganhar, enfileirando de uma tacada só hits infalíveis como O farol (Ramon Cruz, 2015), Festa (Anderson Cunha, 2001) e Sorte grande (Lourenço), samba-reggae popularmente conhecido como Levantou poeira.


Até o fim do compacto show encerrado com Arerê (Gilson Babilônia e Alain Tavares, 1997), hit da Banda Eva há 20 anos, Ivete manteve as atenções e os holofotes sobre ela, inclusive quando diminuiu a voltagem rítmica para cantar a balada Quando a chuva passar (Ramon Cruz, 2005).


Aliados ao poder de sedução de repertório feito para fazer o público “tirar o pé do chão”, como a cantora sempre enfatiza, o carisma, a simpatia e a espontaneidade da artista contribuíram para que o show hi-tech, turbinado com projeções, seduzisse o público. Sem perder a empatia, Ivete conversou com esse público, celebrou a contemporânea Daniela Mercury e cantou música nova lançada em agosto, À vontade (Gigi e Ivete Sangalo, 2017), com direito à exibição simultânea do clipe filmado com visual e coreografias que remetem à estética do filme norte-americano Grease – Nos tempos da brilhantina (1958).


Como a própria cantora resumiu ao dar voz a Tempo de alegria (Gigi, Magno Sant’Anna e Filipe Scandurras, 2014), música que lançou ao celebrar 20 anos de carreira, Ivete canta músicas que representam esse próprio tempo de alegria. Que é o tempo permanente da artista. Foi por isso que a festa rolou tão animada em mais uma apresentação da estrela baiana no Rock in Rio.


(Crédito da imagem: Ivete Sangalo no Rock in Rio 2017 em foto de Alexandre Durão, do G1)

Deixe uma resposta