Cidade do Rock passa por adaptações para receber pessoas com necessidades especiais

Thiago era atleta e, após um acidente de carro, ficou tetraplégico. Ele lembra das dificuldades que teve durante o festival. “O acesso estava mais complicado, o terreno não era tão plano e foi difícil para a cadeira de rodas”, disse. Em 2017, ele terá crachá do Rock in Rio e vai trabalhar como coordenador de acessibilidade.

Deixe uma resposta