‘Como nossos pais’: Maria Ribeiro diz que homens não têm sentimento de culpa na paternidade

“É um filme que fala da opressão que existe no dia-a-dia da mulher, mas sem colocar os homens numa posição de vilões”, diz. “Em muitas situações, o machismo não é feito por maldade, mas por falta de consciência. E o filme, talvez, sirva como uma espécie de alerta para muitos homens que se identificam nessas situações. Eles se veem na tela como uma fotografia.”

Deixe uma resposta