Bienal evoca ‘resistência literária’ contra queda de 20% na venda de livros no país

“Em 2014, vendíamos, em média, 2,75 milhões de livros por ano. Em 2016, verificamos que esse número caiu para 2,25 milhões. Isso coloca o Brasil nas ultimas posições no ranking de livros consumidos em países da América Latina. Sobretudo se compararmos o desempenho nacional com nações como Argentina, Chile e México”, avaliou o presidente do Snel, Marcos da Veiga Pereira.

Deixe uma resposta