Carol Naine lança samba ‘Chiclete’, feito no batuque de caixa de chiclete


Sambistas costumam batucar em caixa de fósforos. Já Carol Naine tem o hábito de batucar na caixinha de chiclete que ganha no bar paulistano onde geralmente almoça esta cantora e compositora carioca radicada na cidade de São Paulo (SP). “Daí pensei em fazer uma canção com ela. Criei a música especialmente para isso, brincando com o tema ‘chiclete’, música que gruda, que não sai da nossa cabeça”, conta a artista. Chiclete, a música, está sendo lançada esta semana em vídeo postado no YouTube.

Trata-se de samba com versos metalinguísticos que reiteram a verve irônica da compositora indicada ao prêmio de melhor canção na 28ª edição do Prêmio da Música Brasileira por conta de Dizputa, música gravada pela artista no segundo álbum, Qualquer pessoa além de nós (2016). Eis a letra de Chiclete, samba gravado com o toque do piano da própria Carol Naine e com o suingue do batuque feito pela artista em caixa de… chiclete:


Chiclete (Carol Naine)

Hoje eu pensei em fazer canção

Mas peraí, parei, falar sobre o que?

Se eu já disse tudo o que eu tinha pra dizer

Se eu até já lancei um CD

Se já gastei todas as rimas

e abordei tantas questões femininas

Eu me pergunto a mim mesma, “Carolina,

o que que é que me resta fazer?”

Aí me veio uma ideia maluquete

Eu nunca fiz uma canção chiclete

Dessas que grudam na língua

e andam sozinhas

na boca de quem é tiete


(Crédito da imagem: capa do single Chiclete, de Carol Naine)

Deixe uma resposta