Morre aos 81 anos o sambista Wilson das Neves no Rio

De lá para cá, foram mais três álbuns – ‘Brasão de Orfeu’ (2004), ‘Pra gente fazer mais um samba’ (2010) e ‘Se me chamar, ô sorte’ (2013) – como cantor e compositor, parceiro de bambas como Nelson Sargento, Aldir Blanc, Chico Buarque e o recorrente Paulo César Pinheiro.

Deixe uma resposta