James Cameron diz que ‘Mulher-Maravilha’ é ‘retrocesso’ e diretora responde: ‘Incapacidade de entender’

Para justificar seu ponto na entrevista ao “Guardian”, Cameron citou como exemplo a personagem Sarah Connor, de seus filmes “O exterminador do futuro”. “Ela não era um ícone de beleza. Ela era forte, ela era problemática, ela era uma mãe terrível, e ela ganhou o respeito do público pela determinação. Para mim, [o benefício de personagens como Sarah] é tão óbvio. Quero dizer, metade do público é feminino.”

Deixe uma resposta