Banda Flor de Pedra apresenta ‘caleidoscópio elétrico’ no Som Nascente

“A gente tinha estas letras e melodias e não sabia o que fazer com elas. Nos juntamos e fomos para o estúdio gravar nosso EP. Não sabíamos o que ia acontecer, não havia show marcado, nem nada. A partir da gravação foi que veio o estímulo para fazer o primeiro show, o que foi legal, pois quando estreamos nos palcos, já haviam músicas lançadas de gravações de ensaios e o pessoal já sabia cantar”, explica Pedro.

Deixe uma resposta