Dupla Palavra Cantada remixa 16 hits do repertório infantil para baladinhas


Em cena desde 1994, a dupla Palavra Cantada joga na pista 16 músicas do repertório infantil de Paulo Tatit e Sandra Peres. No disco graciosamente intitulado Baladinha, a dupla apresenta remixes, produzidos por Lenis Rino, de 16 gravações que se destacaram ao longo da produção fonográfica da Palavra Cantada.


A partir dos registros originais de músicas como Sopa (sucesso do álbum Canções de brincar, de 1996) e Pipoca (parceria de Tatit com Arnaldo Antunes também lançada no disco Canções de brincar), Rino reeditou as gravações e adicionou toques de instrumentos como sintetizadores analógicos, baixo synth e bateria eletrônica. A ideia foi pôr pressão nas gravações para que as músicas pudessem ser tocadas em ambientes onde as crianças ficam mais dispersas e agitadas, como as festas infantis.


Música gravada em 1996, Ora bolas ganhou frases de baixo sintetizado e nova equalização dos tambores tocados pelo percussionista Paulo Dias no registro original feito há 21 anos. Já Fome come (canção gravada para o álbum Canções curiosas, lançado em 1998) foi rebobinada com recursos de Pro-tools. Tema do álbum Pé com pé (2005), Bolacha de água e sal teve o sabor incrementado com novas vozes postas por Paulo Tatit e Sandra Peres.


De forma geral, Lenis Rino deixou as canções mais dançantes e animadas, como evidenciado em Cultura, música composta por Arnaldo Antunes para o álbum Canções curiosas (1998). As baladinhas vão ferver!


(Crédito da imagem: capa do álbum Baladinha, da Palavra Cantada. Projeto gráfico de Thiago Martins)

Deixe uma resposta