‘Busquei o isolamento pra não ser atrapalhado pelo coletivo’, diz Bruno Borges, sem dizer onde ficou

Com paredes, teto e chão repletos de inscrições misteriosas, símbolos esotéricos, desenhos, pinturas, códigos, o quarto fez surgir toda a curiosidade em torno da história de Bruno e de seu desaparecimento. Hoje, o autor de todos os escritos explica um pouco dos símbolos.

Deixe uma resposta