“game of thrones”: the spoils of war e a batalha mais legal em anos

*com spoilers para quem não viu o 4º episódio*

Ê, que episódio bom, hein? Encontros da família Stark, a melhor cena de batalha em séculos, demorada, cabeças voando, dragões tacando fogo em todo mundo, um final de fazer prender a respiração (literalmente, rá). Isso sim é um “Game of Thrones” que preste.

Adorei que Daenerys se cansou de ouvir palavras de sabedoria da galera – “Você conquistou todos com seu senso de justiça e agora vai sair tacando fogo? Não!” – , falou “ok, beleza” e resolveu tacar fogo mesmo assim no exército dos Lannister. Primeira batalha de verdade entre Khaleesi e Cersei, hein. Que emoção.

game of thrones 7x04- blog legendado
Fora que eu adoro ela voando de dragão e gritando “dracarys!!” para incendiar soldados. Mas eu preciso confessar que eu curto a duplinha Bronn e Jamie, não me julgue, então estava dividida na batalha. Estava meio como Tyrion, que ficava torcendo baixinho para seu irmão não ser morto. Aliás: Jamie não morreu, né? Acho que não faria o menor sentido ele morrer afogado tentando fugir do fogo em vez de morrer queimado pelo fogo do dragão (mas é bom ele lembrar de tirar a mão de ferro para não afundar de vez). E foi legal ele cheio de coragem vendo ali uma única chance de atacar Daenerys.

Enfim. Que batalha, amigos. Quanto tempo durou aquilo? Me pareceu tipo meio episódio – e sempre dá um frio na espinha quando a galera do exército Dothraki chega gritando com aquelas facas/foices na mão. Pura selvageria (com direito a lápis de olho) contra os mauricinhos do exército Lannister. #chupacersei. Enquanto isso Cersei ali toda mulher de negócios, mais um episódio e ela ali debatendo o pagamento de dívidas com o banqueiro de Ferro, o que tá acontecendo, minha rainha?

Ali no lar dos Stark, o lindo reencontro das irmãs Sansa e Arya, que não se viam havia um bom tempo (tipo desde muitas temporadas atrás). E Arya arrasando na luta de espada com Brienne, que dupla! E o um pouco menos lindo reencontro de Arya com o ex-Bran, que já foi o caçulinha fofinho mas desde que virou o corvo de três olhos & bigodinho fica falando devagar olhando para algum lugar um pouco além do interlocutor (tipo ator interpretando cego em novela, repara), com frases enigmáticas e dizendo “ah, me lembro como era ser Brandon Stark, mas me lembro de tanta coisa” . Que cansativo. game of thrones 7x04- blog legendado


Aí teve toda a história do papinho do Little Finger com o Bran, o Bran citando uma frase do Little Finger lá de tempordas passadas – que eu obviamente não lembrava, além da história da faca (não faço ideia), mas para isso que existem amigos nerds & internet. E acho que o Bran ainda pode ser muito útil, embora mala. O Little Finger, aliás, serve para quê atualmente? Para falar frases enigmáticas e fazer um olhar de “tenho um plano maligno me aguardem”?

Mas… Mas, amigos, nem tudo foi assim superlegal no episódio né? Porque teve aquela cena – me desculpe, você – aquela cena absolutamente ridícula do Jon Snow levando a Daenerys na caverna. “Ei, veja só o que eu achei, esses desenhos toscos que mostram exatamente o que eu queria te mostrar, olha a galera antiga se juntando, apesar das diferenças, esquecendo as tretas, todos unidos para matar os White walkers, olha esse desenho aqui, veja como eles são reais”. Sério, que roteiristas preguiçosos! Até Dany considerou que o próprio Jon pode ter pego um giz e riscado tudo aquilo, vi isso no olhar dela.

Pelo menos rolou um climinha entre Daenerys e Jon, né? E teve o papinho do Davos, “essa rainha é mó gostosa, diz aí”, mas Jon, sempre muito fino, desconversou. Hum.

Por fim, o encontro de Theon com Jon – moravam juntos, Theon conquistou Winterfell, matou gente, foi torturado, salvou Sansa, ficou bonzinho, só não te mato porque…

Faltam três pra acabar a temporada. Tá muito rápido, tá ficando emocionante. Continuem assim.

Deixe uma resposta