Ximbinha tenta decolar sem Joelma, de novo, na asa do reggaeton ‘Avião’


Em mais uma tentativa de decolar sem Joelma, o guitarrista paraense Cledivan de Almeida Farias – o Ximbinha, atual nome artístico do músico anteriormente conhecido como Chimbinha – entra na onda do reggaeton em Avião, segundo single da Banda X. Antes divulgada com o nome de X-Calypso, a Banda X, a rigor, é uma dupla formada por Ximbinha com a cantora pernambucana Michele Andrade. Música de Liah Soares e Marianna Eis, Avião pousa na web nesta primeira semana de agosto de 2017, na sequência do lançamento de Pirei em você, primeira música da dupla criada em maio.


De autoria das mesmas compositoras de Avião, Pirei em você já sinalizava a rota pop juvenil seguida por Avião. É como se Ximbinha estivesse querendo entrar no mercadão pop dominado pela música sertaneja, mas com espaço para funk, forró e ritmos latinos. O destino de Avião é esse mercado de pop genérico.


Antes de formar dupla com Michele Andrade, cantora egressa de bandas como Limão com Mel e Companhia do Calypso, Ximbinha tentou gravar discos e fazer shows com outras três cantoras – Thábata Mendes, Leya Emanuelly e Carla Maués – mas todas as três deixaram o posto de vocalista após meses de trabalho com o guitarrista.


A formação da Banda X é uma jogada mercadológica de Ximbinha para se dissociar do nome Calypso, não somente por questões jurídicas, mas pelo fato de o músico já parecer ter entendido que a associação com o nome Calypso, sem Joelma, dá pouco resultado comercial.


(Crédito da imagem: Ximbinha e Michele Andrade em foto extraída da página da Banda X no Facebook)

Deixe uma resposta