Gavin recria hits de Secos & Molhados em disco da nova banda do ex-Titãs


Ex-baterista do grupo Titãs, do qual se desligou em fevereiro de 2010, Charles Gavin formou banda para projeto intitulado Primavera nos dentes. Não é por acaso que o projeto foi batizado com o nome da música de João Ricardo e João Apolinário lançada pelo trio Secos & Molhados em 1973 no primeiro álbum do grupo que projetou o cantor Ney Matogrosso. Ao lado de Duda Brack (voz), Felipe Ventura (violino e guitarra), Paulo Rafael (guitarra) e Pedro Coelho (baixo), Gavin recria no álbum Primavera nos dentes músicas dos dois primeiros álbuns do Secos & Molhados, lançados em 1973 e 1974.


Produzido por Rafael Ramos, que convidou o quinteto em dezembro de 2016 para gravar disco com as músicas que Gavin vinha ensaiando desde março daquele ano com a banda formada para o projeto, o álbum Primavera nos dentes chega ao mercado fonográfico no fim deste mês de agosto, em edição digital. Na sequência, em setembro, a gravadora Deck lança a edição em vinil do disco.


Gravado em abril deste ano de 2017 no estúdio Tambor, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o álbum traz no repertório 11 músicas formatadas pela banda com arranjos diferentes dos registros originais. Além de Primavera nos dentes, esse repertório inclui Fala (João Ricardo e Luhli, 1973), O doce e o amargo (João Ricardo e Paulinho Mendonça, 1974), O patrão nosso de cada dia (João Ricardo, 1973), O vira (João Ricardo e Luhli, 1973), Sangue latino (João Ricardo e Paulinho Mendonça, 1973) e Rosa de Hiroshima (Gerson Conrad e Vinicius de Moraes, 1973), entre outras músicas.


(Crédito da imagem: a banda do projeto Primavera nos dentes em foto de Kaio Caiazzo)

Deixe uma resposta