Espaço para mulheres complexas na TV afasta estereótipo de ‘namorada’ e ‘mãe’

“Não há mais estigma atrelado a fazer TV, dadas as oportunidades e os roteiristas que estão trabalhando na televisão”, disse Debra Birnbaum, editora-executiva de TV na “Variety”. “Há grandes narrativas com personagens ricos, de diversas camadas, dimensionais e mulheres reais”, disse.

Deixe uma resposta