Vocalista da banda Tihuana há 18 anos, Egypcio anuncia saída do grupo

Vocalista do grupo Tihuana há 18 anos, Egypcio está deixando a banda que fundou em 1999 na cidade de São Paulo (SP) com quatro músicos egressos do grupo Ostheobaldo. A saída do vocalista foi anunciada pelo próprio Egypcio em comunicado dirigido hoje, 13 de julho de 2017, aos fãs do grupo. Egypcio – nome artístico do cantor paulistano Adriano Grande – afirma no comunicado que vem por aí “novos projetos”, mas não especifica quais seriam estes projetos.


Com a banda Tihuana, Egypcio gravou seis álbuns de estúdio e um disco ao vivo entre 2000 e 2013. O maior sucesso do grupo é a música Tropa de elite, lançada no primeiro álbum do quinteto, Ilegal (2000), mas propagada massivamente ao ser tema do filme de 2007 também intitulado Tropa de elite e dirigido por José Padilha. A música puxou a trilha sonora do filme, editada em CD ainda naquele ano de 2007.


Eis o comunicado em que Egypcio anuncia a saída da banda que formou há 18 anos com Leonardo Stuart (guitarra), Paulo Guilherme, o PG (bateria), Román Laurito (baixo) e Fernando Baía (percussionista que saiu da banda em 2012 e foi substituído por Fouad Khayat):


“Olá, meus amigos! Venho aqui pra falar pra vocês o quanto foi importante pra mim estar no Tihuana por quase 20 anos. Uma vida! O que passamos juntos… tantas histórias. Todos os shows, as músicas que fizemos, os discos lançados, nossos parceiros, empresários e produtores, rádios, TVs, amigos que trabalharam conosco, e nossos fãs por todo o Brasil. Me despeço hoje do Tihuana, feliz e realizado. (Quero) agradecer em especial aos meus cinco irmãos e guerreiros de tantos anos que acreditaram num sonho juntos e juntos vencemos sempre. Obrigado Leo, PG, Román e Baía. Nos vemos na estrada. Egypcio”.


(Crédito da imagem: Egypcio em foto extraída do YouTube)

Deixe uma resposta