No Dia Mundial do Rock, roqueiros brasileiros seguem fora das paradas de rádios, YouTube e Spotify

Em entrevistas ao G1 nos últimos anos, essa pergunta já foi muitas vezes respondida. Samuel Rosa, do Skank, já disse que “as bandas de antigamente eram mais determinadas”. Para Pitty, o rock sempre está aí, mas “ele é ‘highlander’: quando você menos espera, ele ressurge”.

Deixe uma resposta