Edições de seis álbuns completam o catálogo de Bosco em formato digital


Com álbum de músicas inéditas pronto para ser lançado neste segundo semestre de 2017, João Bosco tem mais uma parte da discografia disponibilizada em edições digitais a partir da próxima sexta-feira, 7 de julho. Nada menos do que seis álbuns do cantor, compositor e músico mineiro chegam às plataformas digitais, completando o catálogo do artista no formato. Os títulos postos em catálogo digital são os álbuns Tiro de misericórdia (1977), Bandalhismo (1980), Essa é a sua vida (1981), Bosco (1989), Dá licença meu senhor (1995) e Na esquina (2000). Bandalhismo e Essa é a sua vida até já tinham edições digitais, mas em um único título da série 2 em 1.


Estes seis discos se juntam a álbuns já disponíveis nas plataformas digitais – casos de, entre outros títulos, João Bosco (1973), Caça à raposa (1975), Galos de briga (1976), Linha de passe (1979), Comissão de frente (1982), Gagabirô (1984), Cabeça de nego (1986), Ai, ai, ai de mim (1987), Zona de fronteira (1991), Na onda que balança (1994), Malabaristas do sinal vermelho (2002) e Não vou pro céu, mas já não vivo no chão (2009), sendo que este é o último disco de repertório inédito do artista, lançado há oito anos.


(Crédito da imagem: João Bosco em foto de divulgação)

Deixe uma resposta