Ariana Grande justifica rótulo de ‘Mariah Carey teen dançante’ em show para fãs mirins devotos em SP

Alguma enrolação de leve e chegamos finalmente à quarta parte. Começa com a baladona “Moonlight”, em que Ariana outra vez pode exibir seus dotes quase atléticos de canto. Na sequência, hits do passado: “Love me harder” e “Break free”, as duas do disco “My everything” (2014). Já não era sem tempo: o povo no estádio fica maluco, canta, dança, bate palma, berra etc. Boa, Ariana.

Deixe uma resposta