‘Baioque’ de Chico anuncia álbum em que Laila canta Caetano e Roberto


Misto de baião e rock como já informa o título da composição de Chico Buarque, lançada há 45 anos na trilha sonora do filme Quando o Carnaval chegar (Brasil, 1972), Baioque ganha a voz potente de Laila Garin e o toque de A Roda, trio formado por Marcelo Müller (baixo), Rick de La Torre (bateria) e Ricco Viana (guitarra e violão).


Disponível nas plataformas digitais a partir de hoje, 30 de junho de 2017, o single Baioque precede o álbum previsto para ser lançado no fim de julho em edição do selo MP,B Discos distribuída pela gravadora Som Livre. Gravado em estúdio, o disco herda músicas do roteiro do irretocável show Rabisco – como Na primeira manhã (Alceu Valença, 1980), Não me arrependo (Caetano Veloso, 2006) e Sonhos pintados de azul (Dani Black, 2015) – mas extrapola o repertório do show de 2015.


Baioque, por exemplo, é música que Laila cantou pela primeira vez como atriz protagonista do espetáculo Gota d’água [A seco] (2016). Está prevista no disco música do cancioneiro de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, compositores do qual Laila e A Roda já pegaram As curvas da estrada de Santos (1969) em show em tributo a Elis Regina (1945 – 1982), referencial cantora gaúcha interpretada por Laila em musical de teatro que deu projeção nacional à artista baiana em 2013.


(Crédito da imagem: capa do single Baioque, de Laila Garin e A Roda. Laila em foto de Joana Mendonça)

Deixe uma resposta