Funkeiros e rappers brasileiros se destacam no novo CD de ‘Malhação’


Funkeiros e rappers brasileiros não chegam a dominar as 17 faixas do disco que traz a trilha sonora de Malhação – Viva a diferença, atual temporada da novela juvenil apresentada pela TV Globo desde 1995. Mas eles, os funkeiros e rappers nativos, têm presença destacada no disco que chega ao mercado fonográfico neste mês de junho de 2017, em CD e em edição digital, através da gravadora Som Livre.


Emicida (Eu gosto dela), Hungria Hip Hop (Lembranças), Karol Conká (Bate a poeira 2), MC Guimê (Fato raro) e MC Gui (Vai começar a ousadia) figuram na seleção musical que também inclui gravações de artistas estrangeiros.


Do time nacional, o CD Malhação – Viva a diferença também rebobina fonogramas mais ou menos recentes de Ana Vilela (Trem bala, com participação de Luan Santana), Banda do Mar (Seja como for), Maglore (Ai, ai), O Terno (Ai, ai, como eu me iludo), Roberta Campos (o cover de Casinha branca, sucesso do cantor Gilson em 1979) e Sinara (Sem ar).


(Crédito da imagem: capa do disco Malhação – Viva a diferença)

Deixe uma resposta