Poeta polaco Adam Zagajewski vence Prêmio Princesa de Astúrias de Literatura

“A poesia de Zagajewski – assim como suas reflexões sobre a criação e seu intenso trabalho memorialístico – confirma o sentido ético da literatura e faz com que a tradição ocidental se sinta única e diversa em seu sotaque nativo polaco”, afirmou o júri, que ainda completou o motivo da escolha da premiação do poeta: “O cuidado da imagem lírica, a vivência intima do tempo e a convicção de que traz uma obra repleta de brilho, inspira uma das experiências poéticas mais emocionantes da Europa herdeira de Rilke, Miłosz eAntonio Machado”.

Deixe uma resposta