Leandro Hassum fará ‘O candidato honesto 2’, mas relata problema: ‘Brasil cria novas versões do roteiro’

“Ele será uma espécie de Trump brasileiro, que fala altas bobagens na campanha e, mesmo assim, é eleito. As pessoas estão tão cansadas da política que elegem alguém que fala barbaridade porque, pelo menos, ele é autêntico”, explica Cursino, que acrescenta:

Deixe uma resposta