Após filme nos EUA, Coimbra prepara volta ao Brasil e exalta ‘amadurecimento’ do cinema nacional

Durante sua carreira, o diretor de Ribeirão Preto (SP) se solidificou no cinema nacional com diversos curtas como a ‘Garrafa do Diabo’ e ‘Trópico das Cabras’, os quais ele dirigiu e assinou o roteiro. Foi com o lançamento de ‘O Lobo Atrás da Porta’, entretanto, que Coimbra começou a despontar no cenário internacional, já que o suspense brasileiro foi indicado a prêmios como o ‘Directors Guild of America Award’, que é considerado um termômetro para o Oscar.

Deixe uma resposta