Charlie Hunnam fala de maldição de ‘Rei Arthur’ e critica críticos: ‘Vivem uma vida patética e rasa’

“Pode ser”, responde Humman, em entrevista ao G1 (veja no vídeo acima). “Além disso, a versão do John Boorman de 1981 não foi tão bem… Mas acabou virando cult. A bilheteria nos EUA não está como gostaríamos, mas a resposta de quem viu tem sido muito, muito, muito positiva”.

Deixe uma resposta