Márcio Gomes registra apoio popular em CD ao vivo com ‘eternas canções’


Cantor carioca de voz volumosa, treinada na escola italiana do bel canto, Márcio Gomes conquistou público fiel, formado em quase totalidade por senhoras – como dá para ver na foto exposta na capa do disco lançado neste mês de maio com o segundo registro ao vivo de show da discografia do artista. Gravado na casa carioca Imperator, em 11 de janeiro deste ano de 2017, o CD Eternas canções ao vivo celebra e registra a adesão popular ao canto de Gomes, sobretudo na cidade do Rio de Janeiro (RJ).


O show perpetuado no CD tem roteiro baseado no último álbum de estúdio do cantor, Eternas canções (2015), lançado há dois anos por vias independentes, mas o repertório do disco ao vivo apresenta composição inédita. A música-título Eternas canções foi feita especialmente para o cantor pelos compositores Reinaldo Arias e Carlos Colla. Contudo, como indica o título do disco, Gomes dá voz basicamente a sucessos como Força estranha (Caetano Veloso, 1978), Hoje (Taiguara, 1969) e Porto solidão (Zeca Bahia e Gincko, 1980), entre outras eternas canções brasileiras e estrangeiras ajustadas ao bel canto do intérprete.


(Crédito da imagem: capa do álbum Eternas canções ao vivo, de Márcio Gomes)

Deixe uma resposta