Single ‘Mexeu comigo’ dá tom mais sintético de álbum ‘diferente’ de Tiê


Música gravada com mix de cordas e sons eletrônicos, mas em ambiência pop, Mexeu comigo dá o tom mais sintético e menos orgânico do quarto álbum de Tiê. Primeiro single deste aguardado álbum da artista paulistana, a composição Mexeu comigo foi feita pela cantora e compositora em parceria com Adriano Cintra, produtor do álbum juntamente com André Whoong e a própria Tiê. O viés feminino da canção também pauta o disco.


Gerado e gravado a partir do luto da cantora e compositora com a morte da avó, a atriz Vida Alves (1928 – 2017), o álbum tem lançamento previsto para este primeiro semestre de 2017. O cantor e compositor gaúcho Filipe Catto é autor e convidado de uma das músicas inéditas que compõem o repertório essencialmente autoral do disco.

Após o sucesso de Esmeraldas (2014), CD impulsionado pelo estouro da canção A noite (versão em português de hit italiano de 2012 feita por Tiê, Adriano Cintra, André Whoong e Rita Wainer), Tiê volta à cena com álbum que considera “diferente” dos três anteriores da cantora. O disco tem a missão de manter Tiê no mainstream do mercado fonográfico.


(Crédito da imagem: Tiê em foto de Carol Quintanilha. Arte de Rita Wainer)

Deixe uma resposta