Álbum de samba de Criolo tem capa de Elifas, artista associado ao gênero


Revelada por Criolo em rede social, a expressiva capa do quarto álbum de estúdio do cantor e compositor paulistano – Espiral de ilusão o primeiro dedicado ao samba pelo rapper paulistano – é assinada por Elifas Andreato, artista gráfico associado à criação de capas referenciais de discos de sambas. Paranaense nascido em 1946, Elifas se projetou como capista ao longo da década de 1970 por conta das capas idealizadas para álbuns de Martinho da Vila, Paulinho da Viola e Clara Nunes (1942 – 1983). Por conta de capas antológicas criadas para discos destes artistas, o artista acabou associado ao samba, embora Elifas também tenha feito capas para discos de cantores de outros gêneros.


Produzido por Daniel Ganjaman e Marcelo Cabral, Espiral de ilusão chega ao mercado fonográfico a partir da próxima sexta-feira, 28 de abril de 2016, em edição da Oloko Records. O repertório inédito inclui parcerias de Criolo com Ricardo Rabello, colega do rapper na paulistana roda de samba Pagode da 27. Um dos sambas do disco inteiramente autoral, Menino minado, já foi previamente lançado em single em 14 de abril.


(Crédito da imagem: capa do álbum Espiral de ilusão, de Criolo. Arte de Elifas Andreato)

Deixe uma resposta