MC Linn lança ‘Mulher’ enquanto busca recursos para álbum ‘Pajubá’


Cantora transexual de origem paulista, projetada em 2016 com a edição dos singles Talento e Enviadescer, MC Linn da Quebrada busca recursos em plataforma de financiamento coletivo para editar o primeiro álbum, Pajubá. Enquanto promove a campanha, Linn lança e divulga neste mês de abril de 2017 o segundo single do álbum, Mulher, dois meses após ter apresentado o primeiro, Bixa preta, em fevereiro.


Engajada na cena musical LGBT, da qual fazem parte nomes como a cantora Liniker e a banda As Bahias e a Cozinha Mineira, Linn se autodefine como “bicha, trans, preta e periférica”, faz som calcado no funk e conceitua a gravação e lançamento do álbum Pajubá como atos de resistência. “Pajubá é linguagem de resistência, construída a partir da inserção de palavras e expressões de origem africanas ocidentais. É usada principalmente por travestis e grande parte da comunidade LGBT. Eu chamo esse álbum de Pajubá porque, pra mim, ele é construção de linguagem e invenção, é ato de nomear. De dar nome aos boys. É mais uma vez resistência”, caracteriza MC Linn da Quebrada, voz ativ(ist)a na vida LGBT.


(Crédito da imagem: capa do single Mulher, de MC Linn da Quebrada)

Deixe uma resposta