Segundo álbum de Melodia volta ao catálogo 41 anos após edição original


Após lançar o consagrador primeiro álbum, Pérola negra (1973), Luiz Melodia demorou três anos para apresentar o segundo álbum. Maravilhas contemporâneas saiu em 1976 pela Som Livre, gravadora que repõe o disco em catálogo neste mês de abril de 2017. Entre um álbum e outro, o cantor e compositor carioca participou do festival Abertura, promovido e exibido pela TV Globo em 1975, com a música Ébano (Luiz Melodia), bem recebida pelo público. Contudo, Ébano não consta do repertório quase inteiramente autoral do álbum Maravilhas contemporâneas, cujo maior sucesso foi a música Juventude transviada, propagada na trilha sonora da novela Pecado capital (TV Globo, 1975 / 1976) e nas rádios.


Outro destaque do repertório foi Congênito, música lançada no ano anterior pela cantora Vanusa no álbum Amigos novos e antigos (1975). Em Maravilhas contemporâneas, Melodia apresentou músicas autorais como Amor, Baby Rose, Memórias modestas, Questão de posse e a música-título Maravilhas contemporâneas. Quando o Carnaval chegou (Célio José) é a única música de lavra alheia no álbum, reposto em catálogo em CD e edição digital.


(Crédito da imagem: capa do álbum Maravilhas contemporâneas, de Luiz Melodia)

Deixe uma resposta