Dulce María volta ao Brasil ‘mais pop’, sem cabelo vermelho e planos de reunião com RBD

Dessa vez, essas canções devem aparecer “um pouquito menos”, diz. Afinal, o repertório aumentou, e a idade dos fãs também. Dulce conta que costuma ver gente de 13 a 25 anos na plateia. Muitos dos mais velhos são nostálgicos da época do RBD. Os mais jovens, ela arrisca, conheceram seu som através da internet.

Deixe uma resposta