Ministros da Cultura do G7 lançam apelo contra roubo e tráfico de bens culturais

“É fundamental que os países do G7 exerçam um papel importante na comunidade internacional, não só econômico mas também por seus valores, seus ideais, seus princípios”, acrescentou Franceschini, rodeado por seus homólogos dos Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Canadá e Itália.

Deixe uma resposta