Rapper é acusado de crime de ódio por ataques perto de boate gay em Nova York

“No Brooklyn, todos, sem importar sua raça, etnia, orientação sexual, gênero, ou religião, devem poder caminhar de maneira segura pelas ruas sem medo de ser atacado sem sentido”, disse o promotor Eric González.

Deixe uma resposta