Edi Rock volta fiel ao rap com edição de ‘Cortina de ferro’, single sombrio


Neste mesmo mês de dezembro de 2016 em que Mano Brown lançou enfim o primeiro álbum solo (Boogie nights, disco romântico voltado para o soul e o R&B), outro integrante do grupo de rap Racionais MC’s, Edi Rock, também dá passo além na discografia individual. Três anos após apresentar o primeiro álbum solo, Contra nós ninguém será (2013), Edi Rock se mostra fiel ao rap em Cortina de ferro, single já disponível nas plataformas digitais pelo selo do cantor, compositor e produtor musical paulistano, Bagua Records.

O rapper paulistano Don Pixote é coautor da composição, também assinada por Edi Rock com LR Beats. Aliás, Cortina de ferro tem arranjo, programação e bateria eletrônica de LR Beats. Também disponível no YouTube, a gravação de Cortina de ferro foi turbinada com efeitos eletrônicos de Pedro Dash e com programação adicional de Marcelinho Ferraz. O rap de Edi Rock em Cortina de ferro é pesado e sombrio como o clima atual do Brasil.

(Crédito da imagem: capa do single Cortina de ferro, de Edi Rock)

Deixe uma resposta