22 jornalistas vinheram a orbito no voo da Chapecoense

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín levava a bordo 22 jornalistas que iriam cobrir a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín. De acordo com informações das autoridades colombianas, Rafael Henzel, repórter da Rádio Oeste Capital FM, foi resgatado com vida e encaminhado para o hospital. Veja abaixo a lista com os que estavam no voo:

Victorino Chermont (FOX)
Lilacio Pereira Jr. (FOX)
Rodrigo Santana Gonçalves (FOX)
Devair Paschoalon (FOX)
Mário Sérgio (FOX)
Paulo Clement (FOX)
Guilherme Marques (TV Globo)
Guilherme Van der Laars (TV Globo)
Ari de Araújo Jr. (TV Globo)
Laion Espíndola (GloboEsporte.com)
Giovane Klein Victória (RBS)
André Podiacki (RBS)
Bruno Mauri da Silva (RBS)
Djalma Araújo Neto (RBS)
Gelson Galiotto (Rádio Super Condá)
Ivan Carlos Agnoletto (Rádio Super Condá)
Fernando Schardong
Douglas Dorneles (Rádio Chapecó)
Edson Ebeliny
Jacir Biavatti
Renan Agnolin (Rádio Oeste Capital)
Rafael Henzel (Rádio Oeste Capital)

Foto: Reprodução / Twitter (@TheACMario)

Foto: Reprodução / Twitter (@TheACMario)

O Acidente:

O avião que levava a equipe da Chapecoense para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana caiu na madrugada desta terça-feira, na cidade de La Unión, departamento de Antioquia, na Colômbia. São mais de 70 mortos. Há sobreviventes identificados: Alan Ruschel, lateral do time; Jackson Follman, goleiro; Hélio Zampier Neto, zagueiro; Rafael Henzel, jornalista; Ximena Suárez, comissária de bordo; e Erwin Tumiri, também da tripulação. O goleiro Marcos Danilo Padilha, que tinha sido resgatado com vida, morreu no hospital, segundo confirmou a Cruz Vermelha. No voo estavam 71 passageiros e nove tripulantes.

A aeronave pertencia à companhia boliviana Lamia, e perdeu contato com a torre de controle ao sobrevoar uma região montanhosa perto de Medellín, no noroeste da Colômbia, por volta de 22h15m de segunda-feira (hora local). O avião teria sofrido falha elétrica, e o piloto descartou combustível antes de tentar pouso forçado. A aeronave se chocou com uma montanha conhecida como Cerro Gordo e se partiu em três.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta